O jeans sexy e rebelde que abriu a semana de moda de Milão 2022

Covolan Denim está na rota da sustentabilidade na Colombiatex de Las Americas em 2022
26/01/2022
ESG OUTLOOK | A entrevista de James Pedro Nadin para a revista Rivet / Sourcing Journal
07/07/2022
Exibir tudo

O jeans sexy e rebelde que abriu a semana de moda de Milão 2022

info@imaxtree.com

Foto reprodução

A Diesel abriu a semana de moda de Milão que aconteceu nos dias 22 a 28 de fevereiro com um desfile em quatro capítulos: Denim, utilitário, pop e artesanal em um show cheio de rebeldia, criatividade e ilusão de ótica, com modelos digitais enormes no meio da passarela em poses sexy e com peças que misturavam texturas e assimetria.

Cada look teve sua vez de protagonizar, os jeans que mais pareciam ter sidos feitos a mão, desfiados estrategicamente em peças de denim, algodão e elastano totalmente reciclados e tingidos de índigo sem água.

Sempre inovadora, a Diesel agora produz seus tecidos a partir de um processo de reutilização total das sobras da produção.

A modelagem das calças continua over, porém com a cintura superbaixa, que deu o tom sexy do desfile, o look que abriu o desfile trazia a modelo usando um top jeans e o modelo da calça que vimos em boa parte dos looks, com bolsos e a cintura desfiados. 
Outra peça que veio para dar o tom do show, foram as minissaias em formato de cinto, com grandes fivelas numa combinação perfeita entre o utilitário e o sexy. 
Utilitário que também apareceu em jaquetas, casacos e blusas, sempre com fivelas grandes e em destaque.


O desfile foi quase todo com peças em jeans, inclusive os casaco superdimensionados com tecido desfiado que simulavam as peles.
Um belo show, que apresentou o novo diretor criativo da marca Glenn Martens que manteve o estilo rebelde, criativo e sexy da Diesel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *